PGE em Ação destaca parceria para automação de processos na instituição

Categoria: Cige, PGE em Ação | Publicado: quarta-feira, dezembro 14, 2022 as 10:05 | Voltar

A busca de maior eficiência administrativa por meio de parceria para a automação de processos é tema do mais novo episódio do PGE em Ação, que tem como entrevistados o Procurador do Estado e Gestor do Laboratório de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da PGE-MS, Fábio Hilário, e o professor doutor, fundador e coordenador do Laboratório de Inteligência Artificial da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Edson Takashi Matsubara.

Fábio Hilário explica que a parceria para automação robótica surgiu da necessidade de trazer auxílio aos Procuradores na execução de suas atividades diárias, em virtude do aumento da carga de trabalho.

“O agente humano apresenta uma limitação na sua capacidade operacional e essa limitação a máquina não apresenta, então a ideia é trazer esse potencial que uma inteligência artificial possui e dotar os Procuradores de ferramentas, para que enfrentem os desafios que eles lidam diariamente”, explicou.

Ele destaca que, no primeiro momento, o intuito é otimizar e automatizar rotinas específicas na área de execução fiscal, que está dentro do Direito Tributário e que a PGE-MS atua por meio da Procuradoria de Assuntos Tributários.

Segundo o professor doutor Edson Takashi, o diferencial é a customização de algoritmos para o domínio jurídico do Estado de Mato Grosso do Sul. “O que vamos fazer, é trazer o que existe de melhor no mundo para a Lei do Mato Grosso do Sul”, afirmou.

“Essas ferramentas de inteligência artificial, quando produzidas, são projetadas para serem auxiliares e não substitutas. A nossa ideia é potencializar o trabalho do Procurador do Estado”, completou.

Fábio Hilário acrescentou ainda que o alinhamento cientifico da PGE com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) proporcionará diversos ganhos.

“Esse alinhamento cientifico trará à PGE um ganho de consciência situacional e tecnológica no enfrentamento dos desafios que a revolução do aprendizado de máquina apresenta. Além disso, a PGE estará habilitada a neutralizar ameaças que são decorrentes do crescimento tecnológico”, finalizou.

Os convidados falaram também sobre a importância de observar soluções desenvolvidas em outras esferas no âmbito jurídico e os ganhos de eficiência e tempo com a inteligência artificial.

Assista ao episódio completo:

Publicado por: Rauster Campiteli Monteiro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.